26 de julho de 2016

Fernando Brito



Wingsuit – homem alado ou  homem-falcão. Essa é modalidade desse esporte de altíssima precisão. Conheci diversos birds-men ou homens que rasgam os céus, dentre eles o experiente esportista - Fernando Brito – que foi  Coronel da Marinha do Brasil, e bravamente atravessou a estreita fenda que separa Os Pontões, cuja largura é de dez metros ou menos, e a altura em torno 1280m.  Esse esporte é praticado por cinquenta homens e duas mulheres.   Fernando Brito, com quem mantive uma breve e rica convivência, foi seguido nessa espetacular travessia, por outro homem pássaro – Gabriel Lott – da Coordenadoria de Operações Especiais da Policia Civil do Rio de Janeiro. Depois ter saltado em inúmeras oportunidades da Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro, Fernando Brito foi traído pelo acaso da atividade, que   o vitimou em  abril de 2016. Em homenagem ao pioneiro a praticar o  wingsuite n’Os Pontões, vários outros homens pássaros estão empreendendo pequenas romarias, praticando o wingsuit n’Os Pontões, para   homenagearem  Fernando Brito.   Lá no maciço siderúrgico acima citado, as famílias ítalo-sanamarinenses, tais como os   Mazza e filhos, destaque para o Marcos que será o primeiro conceiçuense dessas rochas bem desenhadas,   Marcos Pastor, Roberto Tininho e Douglas Prucoli,  hospedam graciosamente esses homens voadores. Fernando Brito poderá ser visto através da mais brilhante estrela no firmamento acima d’Os Pontões preferencialmente nas luas cheias.

5 de julho de 2016

George Harrison



Recentemente assisti pelo You Tube um concerto para homenagear o beatle George Harrison(1943/2001), onde além do filho dele, o guitarrista Dhani Harrison, participou o  discreto Eric Clapton amigo do homenageado, e os beatles Paul MacCartney e Ringo Starr, além de outros músicos. Foi uma belíssima apresentação com back voice, metais, cordas, percussões e outros instrumentos. A abertura foi de uma orquestra indiana típica, que tocou músicas de inspiração budistas ou harekrishianas. Essas músicas remetem a viagem  que os The Beatles empreenderam a Índia de Mahatma Ghandi, na busca do transcendental ou equivalente. A necessidade do ser humano é abissal para encontrar o nirvana por aqui, ou lá ( não sei onde). E o contato parece ter influenciado esse inglês de Liverpool, cuja a origem é  a mesma do puritano Oliver Cromwell(1599/1658), e mergulhou nas sabedorias místicas indianas e morreu talvez acreditando nas mágicas mantras. Essa fraqueza filosófica ocorre nos mais variados segmentos sociais, destaque para as chamadas celebridades, como o  boxer campeoníssimo Cassius Clay que se auto-rebatizou como Muhammad Ali, e abraçou a religião muçulmana, e  de igual teor foi o cantor Cat Steve, conhecido desde  um dos Rock in Rio, evento musical que ocorre no Rio de Janeiro há algum tempo. Outros seguem o caminho do ateísmo ou da prática agnóstica. Enfim as buscas são muitas, em diversas direções das verdades (im)ponderáveis.