2 de setembro de 2015

O incenso



O incenso se entrelaça com a história da humanidade. É uma resina de cor esbranquiçada que brota no caule da “árvore de copal”. Essas árvores são originadas nas terras áridas da península arábica próxima a Omã, na divisa com o Iêmen. Alguns desses arvoredos  possuem mais de quinhentos anos, e um dos locais da produção artesanal do incenso, chama-se Dophar. O incenso é também conhecido como olíbano. Foi nessas imediações que se inspirou no instigante conto “As mil e uma noites de Sherazade”.  O incenso já foi cotado igual ao ouro, pela escassez e a  grande distância para se atravessar o deserto, um imenso território  separando os mercados consumidores. O incensação é de multiuso, pois é utilizado em quase todas as religiões, e também pela prática da magia, e para referenciar as diversas divindades. Os cristãos primitivos usavam o incenso  nas reuniões junto as  catacumbas. A lenda afirma que o  aroma do incenso agrada a Deus, e  antepassados. Confira o "bilhete" ou não!